João Bosco da Silva

 

João Bosco da Silva nasceu em Bragança(1985). Passou a maior parte da sua infância e adolescência em Torre de Dona Chama. Estudou no Porto. Vive na Finlândia. 

Livros de poesia: Os Poemas de Ninguém (Atelier, 2009), Disse-me António Montes (Mosaico de Palavras, 2010), Bater Palmas E Sete Palmos De Terra Nos Olhos (Mosaico de Palavras, 2011), Saber Esperar Pelo Vazio (Mosaico de Palavras, 2012), Destilações (não edições, 2014), Trepanação de Jerónimo Bosch (Mariposa Azual, 2015). 

Algumas participações em antologias e revistas:  Revista "Inútil" n.2, "Meditações Sobre O Fim", HARIEMUJ,  "Voo Rasante", Mariposa Azual, "Caderno 3", Enfermaria 6, "Flanzine 8 - Lol&Pop", Flan de Tal, "Bukakke",Copus Dei, "Persona", do lado esquerdo.

[Textos de João Bosco da Silva na Enfermaria 6]