Prisca Agustoni

Prisca Agustoni nasceu em Lugano, Suíça.  Morou em Genebra por dez anos e hoje vive entre a Suíça e o Brasil, onde trabalha como professora e tradutora.  Escreve e publica em italiano, francês e português, trabalhando com o processo de autotradução como criação poética. Foi poeta convidada de inúmeros festivais literários na Itália, Suíça e no Brasil, e tem poemas traduzidos para várias línguas. Suas publicações mais recentes são os livros Animal extremo (São Paulo, Patuá, 2017) e Casa dos Ossos (Juiz de Fora, Macondo, 2017), semi-finalista do prêmio Oceanos.