A Bacana: Poemas Reunidos I

Autores:
Ágnes Souza
Alice Vieira
Ana Bessa Carvalho
André Edson
Bruno Nascimento de Abreu
Bruno M. Silva
Carla Diacov
Chrischa Venus Oswald
Francisca Camelo
Ismar Tirelli Neto
J Carlos Teixeira
José Pedro Moreira
Jussara Santos
Laís Araruna de Aquino
Luís Quintais
Luiza Nilo Nunes

Mafalda Sofia Gomes
Matheus Guménin Barreto
Miguel Abalen
Otávio Campos
Paulo Pais
Sergio Maciel
Stephanie Borges
Tatiana Faia

Prefácio:
Luca Argel

Coordenação editorial:
Bruno M. Silva
Francisca Camelo
J. Carlos Teixeira
Mafalda Sofia Gomes

Preço: 7,5 euros (com portes incluídos para Portugal)

Para adquirir mandar email para abacana123@gmail.com

Dois poemas de 'El Segundo' de Sebastião Belfort Cerqueira

Setembro

 Lembra-me um setembro
Uma sexta-feira
Ainda o sol mal posto
E a maré cheia
E a casa vazia
A casa inteira
A olhar pró mar
Sem razão pra isso.

Se fosse por mim
Ia a casa abaixo.

Lembra-me um setembro
Um dia qualquer
Uma vaga larga
Com ar de mulher
E a casa branca
Mais do que o jardim
Com todos lá dentro
E cara de fim
E a perguntar-me
Se fosse por mim
Se a casa ia abaixo
E eu acho que sim.

Se fosse por mim
A casa ia abaixo
E ainda pra mais
No fim dos vendavais
Do próximo setembro.

Se fosse por mim
Ia a casa abaixo
Talvez já de noite
Com todos lá dentro.

 

 

 Primeiro Poema Sobre o Mar


Houve um
Sentado na doca
A ver a maré vazar
Que primeiro me deu a ideia
De que há coisas no mar
Que há mais gente que vê.

E diz que é bom de contar
Que muita gente aprecia
E não é só marinheiros
É a aristocracia
E os fadistas e os banqueiros
Sentados e a escutar.

Parece que é truque velho
Pra vender casas e coisas
E que ainda hoje os engana
Isto de o mar ser usado.
Mas a mim pouco me importa
Que eu quando for vou armado
E levo o balde e a cana
E acabo isto sentado

Em tudo como na doca
Na doca com o outro ao lado
A ver a tarde passar.

 

Ver mais sobre o livro

10€

Encomendas: leftwallet@gmail.com

Acabado de sair

A Fyodor Books acaba de publicar o seu primeiro livro. Deixamos aqui alguns aforismos:

As prostitutas da rua comportam-se tão mal que é possível tirar daí ilações quanto à maneira como os cidadãos respeitáveis se comportam em casa.

"Mas como é que o senhor pode simpatizar assim com os Ingleses? Nem sequer sabe inglês!" "Pois não, mas sei alemão!"

"Há pessoas cujo cumprimento eu devolvo, mas é só mesmo para lhes devolver o cumprimento."

Karl Kraus

O Apocalipse Estável

Fyodor Books

Tradução de António Sousa Ribeiro

2015

P. S: De momento, o livro encontra-se apenas à venda na Fyodor Books.