Quero um samba de raiz o busto do Leão

Quero um samba de raiz o busto do Leão 
Hebreu 5k de Kavafy Vertov até à falta da visão 
 
Quero um cavalo de corrida duas mulheres sentadas 
sem roupa impuras um copo cheio de limonada 
 
Quero muito escrever um conto sobre baratas 
que apareça outro gato desgrenhado numa caixa de batatas 
 
ao chegar ao teu parque de estacionamento 
Quero dezoito acordes de violino e uma hora de esclarecimento 
 
numa pastelaria com wi-fi sobre a teoria das cordas 
Quero que todos saibam que eu quero saber como é quando acordas 
 
Quero uma taça de gelatina duas colheres metálicas 
o cheiro das tuas orelhas numa tarde farta de dálias 
 
Quero muito as tuas mãos pequenas sobre a minha testa 
um beijo húmido à entrada da casa e outro à saída da festa 
 
Quero chuva num piquenique onde haja quadrados 
na toalha e um amigo que chore sobre os meus olhos largos 
 
Quero a chávena média o cobertor do lado esquerdo do sofá 
dormir quero tanto dormir contigo 250g de açúcar no chá 
 
Quero todos os lugares onde tu estás ou estiveste 
que no meu funeral chores mais que todos que rasgues uma veste 
 
Quero ir do Porto ao Haiti e escrever uma epopeia 
uma lição um orgasmo um verso um sermão uma ideia 
 
Quero a tua cabeça apenas a tua cabeça nas minhas costas 
um pão com manteiga os meus lábios nas tuas unhas tortas